• DOACAOSão Cristovão

  • —————————————————Oração a Santa Luzia——————————————–

    ” Ò bem aventurada Virgem e mártir Santa Luzia que derramaste teu sangue por Cristo Jesus. Concedei-nos a graça de vos imitar e de seguir vosso exemplo. Daí-nos a luz da fé e a pureza do coração. Por Cristo nosso Senhor”! Amém.¨

    _______________________________________________________________________________________________________

     

  • COMUNIDADE SE REUNE CONTRA A IMPLANTAÇÃO DA IDEOLOGIA DE GÊNERO

    COMUNIDADE SE REUNE CONTRA A IMPLANTAÇÃO DA IDEOLOGIA DE GÊNERO

    Texto e fotos: Natalia Castro Pisente Negrete /// Pastoral Familiar de Duartina

     

    No ultimo dia 26 de junho a Pastoral Familiar reuniu a comunidade para debater sobre a Ideologia de gênero. Estiveram presentes coordenadores e representantes da comunidade católica e evangélica, alem do vereador Serginho e a diretora de educação Márcia Simão.

    A ideologia de gênero, afirma que nascemos sem um sexo definido. Quando a criança nasce, NÃO deve ser considerada do sexo masculino ou sexo feminino “apenas” pelo seu corpo; depois ela fará esta escolha. A idéia é que a criança/adolescente construa um novo ser baseado em inúmeras e diversas experiências sexuais que ela terá. A ideologia de gênero difere do homossexualismo, pois ela prega que a sexualidade deve ser “volátil”, ou seja, ao longo do tempo deve variar a preferência sexual, pode-se ser homem, mulher, voltar a ser homem sem problema algum, não há um padrão fixo de opção sexual como nos hetero ou homossexuais.

    Tal ideologia tem o intuito de desestruturar a família e trará serias conseqüências à formação da identidade das nossas crianças alem da sexualização precoce, na medida em que a ideologia de gênero promove a necessidade de uma diversidade de experiências sexuais para a formação do próprio “gênero”, a abertura de um perigoso caminho para a legitimação da pedofilia, uma vez que a “orientação” pedófila também é considerada um tipo de gênero; a banalização da sexualidade humana, dando ensejo ao aumento da violência sexual, sobretudo contra mulheres e homossexuais.

    Existem já inúmeros países que implantaram tal ideologia como a Suécia, Alemanha, Argentina. Na Alemanha, por exemplo, os pais que proíbem os filhos de participarem destas aulas nas escolas são presos e pagam multas. A Noruega, no entanto, já aboliu esta metodologia depois de perceber os inúmeros malefícios que a mesma traz ao desenvolvimento das crianças.

    Foram citados também inúmeros matérias e livros didáticos preparados pelo MEC que possuem menção a ideologia de gênero e devem ser distribuídos as escolas de todo país.

    A diretora de educação, afirmou que os pais não precisam temer sobre o material utilizado nas escolas do município, pois estes são avaliados previamente pelos professores, no entanto a mesma comentou que os pais e responsáveis precisam ser presentes na escola, auxiliando na educação dos filhos e que a “escola” sente falta deste apoio dos pais.

    Ao final da reunião, como o vereador Serginho foi o único vereador convidado que compareceu a reunião, foi entregue a ele um pedido formal de elaboração de um projeto de lei que proíba que tal ideologia seja implantada em nossas escolas. A elaboração de tal lei é de extrema importância para a proteção do sistema municipal de ensino, haja vista que o governo esta tentando sorrateiramente implantar tal ideologia em todo pais através dos Planos Municipais de Ensino. O mesmo reiterou seu apoio à causa e levará este assunto para câmara municipal.

    A Pastoral Familiar agradece a participação de toda a comunidade nesta reunião, em especial a diretora de educação Márcia Simão, que prontamente aceitou o convite para participar da reunião e ao vereador Serginho que dentre todos os vereadores convidados foi o único que se dispôs a defender as nossas famílias.

     

    ver fotos
  • Andamento da Reforma da Matriz

    Fotos: Jader Santos (PASCOM Duartina)

    Andamento da reforma da parte externa da Matriz de Santa Luzia a todo vapor.
    Foi retirado o reboco antigo e colocado um novo. Rampas de acesso nas portas laterais com corrimão. Corrimão na escadaria da entrada central da Matriz em conformidade das exigências das normas de segurança para a locomoção de uso coletivo.
    Pintura com tom areia e detalhes em marrom.
    Os valores arrecadados nas quermesses e dizimos sendo investido na reforma da Igreja Matriz de Santa Luzia de Duartina/SP.

    ver fotos